Programa de Mestrado

PPGLEN – Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas

Mestrado no PPGLEN

EXAME DE MESTRADO

Para o exame de mestrado, todos os candidatos deverão apresentar um pré-projeto no ato de inscrição. O exame consta de uma prova de conhecimento específico, outra de língua instrumental e de uma entrevista.

Pré-projeto
O pré-projeto deverá ser desenvolvido a partir de modelo disponível na secretaria de Pós-Graduação da Faculdade de Letras ou na homepage do Programa.

Prova de conhecimento específico
O candidato deverá escolher um dos temas propostos e desenvolver sob forma dissertativa a questão formulada pela banca acerca do tema escolhido, apoiando-se obrigatoriamente no suporte teórico sugerido na bibliografia. Redação na língua de opção do candidato, no caso da área de Estudos Lingüísticos, e na língua da literatura escolhida , no caso da área de Estudos Literários.
Será permitida a consulta aos livros e aos dicionários e a tomada de nota durante a primeira hora da prova. Duração total da prova: 3 horas.

Prova de língua instrumental (alemão, espanhol, francês, inglês ou italiano)
Responder em português a perguntas formuladas a partir de um texto na língua escolhida, que não pode ser a língua de opção da prova de conhecimento específico.

Temas e bibliografias

estudos literários

estudos linguísticos

línguas e culturas em contato

modelos de pré-projeto

mestrado

links úteis

área do estudante

documentos importantes

Carga horária – mestrado

Disciplinas
Horas de Aula
Área de Concentração + língua / literatura opção (4)
180
Eletivas (2) 90
Disciplinas obrigatórias (2) 90
TOTAL
360
Etapas de Desenvolvimento

Os Mestrandos e doutorandos bolsistas do Programa de Pós-graduação em Letras Neolatinas devem cumprir as etapas descritas abaixo, segundo o cronograma previsto para o desenvolvimento da Dissertação e da Tese. Recomenda-se a mesma progressão para os não bolsistas.

A Qualificação de Doutorado deve ocorrer até o final do quinto semestre.

Mestrado

  • 1º semestre: Projeto atualizado com cronograma e revisão bibliográfica
  • 2º semestre: Projeto revisto e ampliado com cronograma, revisão bibliográfica e capítulo teórico-metodológico
  • 3º semestre: Primeira versão da dissertação, com atualização bibliográfica, capítulo teórico-metodológico e capítulo(s) de análise
  • 4º semestre: copião completo

Doutorado

  • 1º semestre: Projeto atualizado com cronograma e revisão bibliográfica
  • 2º semestre: Projeto revisto e ampliado com cronograma, atualização bibliográfica e parte do capítulo teórico-metodológico
  • 3º semestre: Projeto atualizado com capítulo teórico-metodológico e capítulo de análise
  • 4º semestre: Primeira versão do texto da qualificação
  • 5º semestre: Texto da qualificação
  • 6º semestre: Qualificação acrescida dos ajustes sugeridos pela banca (mínimo de 3 capítulos)
  • 7º semestre: Primeira versão da tese contendo todas as partes
  • 8º semestre: Copião completo

Escolha do orientador

Conforme consta do Art. 43 do Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Letras neolatinas, o trabalho do aluno será supervisionado, a partir da matrícula inicial, por um Orientador Acadêmico, por ele escolhido em lista fornecida pelo Coordenador do Programa, dentre os docentes de sua Área de Concentração. Compete ao Orientador Acadêmico orientar o aluno na escolha da linha de pesquisa a que se deverá filiar na fase inicial de seus estudos, orientando-o na escolha das disciplinas que comporão seu currículo.

Ao final do segundo semestre de curso, tanto no Mestrado quanto no Doutorado, o aluno deverá solicitar um Orientador de Dissertação ou Tese, pertencente à sua Área de Concentração, através de requerimento ao Coordenador do Programa, com declaração por escrito de aceitação por parte do docente escolhido.

Bolsas de estudo

O Programa de Pós-graduação em Letras Neolatinas recebe anualmente da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) quotas de bolsas para mestrado (2 anos) e doutorado (4 anos), que são atribuídas: a) para o novo aluno do Programa, de acordo com a sua classificação no exame de seleção, o projeto de pesquisa e a análise do CV Lattes atualizado com comprovação de produção; b) para o aluno já inscrito no Programa há mais de um semestre, de acordo com o projeto atualizado, a análise do CV Lattes atualizado com comprovação de produção, o relatório de pesquisa e seu desempenho nas disciplinas já cursadas.

Para mais informações, consulte estes links: http://www.capes.gov.br/bolsas/bolsas-no-pais/ds-e-proap e http://www.cnpq.br/web/guest/apresentacao13

Corpo Discente

Egressos de mestrado