Mestrado

Dissertação 2018

Nome da autora : Vitor Lourenço Rodriguez Salgado

Título do trabalho: Bolas de papel: sociedade, gênero e território em contos de futebol argentinos

Resumo

O crescimento da produção de narrativas associadas ao futebol esboça a consolidação de um campo literário que, cada vez mais, ganha destaque em meio aos
círculos da crítica acadêmica. Seu substancial desenvolvimento ao longo das décadas expressa-se através do aumento da quantidade de obras por nomes reconhecidos como Osvaldo Soriano, Eduardo Sacheri e Claudia Piñeiro, refletindo a legitimação do tema na literatura e um rompimento maior com a comum banalização do futebol na esfera intelectual. A partir da análise de elementos do universo da bola presentes nas narrativas argentinas, seria possível observar uma série de práticas do cotidiano de torcedores e torcedoras que se alinham de forma semelhante aos valores reproduzidos nas mais diversas esferas da sociedade. Ademais, a leitura do jogo vivido pelos indivíduos permite uma compreensão sobre as maneiras pelas quais sujeitos se reconhecem e se representam no dia-a-dia, agenciando formas coletivas de estar-no-mundo. Tangenciando questões relacionadas à discussão de gênero e aos expedientes afetivos de subjetividades localizadas na tensão entre o microterritório, o nacional e o global, operamos uma racionalização das ações no interior do esporte que se combinam na produção de autores e autoras, dando a ver a composição do social em seus mais variados aspectos. Por meio de contos de futebol argentinos, este trabalho procura pensar as dinâmicas próprias à vida cotidiana de sujeitos e grupos sociais desde os expedientes simbólicos do futebol representados na literatura.

Palavras-chave: relatos de futebol, narrativa argentina, questões de gênero, Eduardo Sacheri, Claudia Piñeiro.

Abstract

The growth in the production of narratives associated with football outlines the consolidation of a literary field that, increasingly, starts to be highlighted in circles of academic criticism. The substantial development over the decades is expressed through the increase in the number of works by renowned names such as Osvaldo Soriano, Eduardo Sacheri and Claudia Piñeiro, reflecting a legitimation of the subject in literature and a greater break with a common banalization of football in the intellectual sphere. From the analysis of elements of the universe of football, it is possible to visualize a series of practices of the daily life of fans that are aligned specifically to values reproduced in the most diverse spheres of society. In addition, the reading of the game lived by the people allows an understanding on how the subjects recognize and represent each other day by day, building collective forms of being-in-the-world. By the
reading of issues related to the discussion of gender and the affective processes of subjectivation located in the tension between the microterritory, the nation and the global, we operate a rationalization of the sport‟s phenomenons, combined in the production of authors, giving to see the composition of the social at its most variety. Through Argentine football narratives, this work tries to think the particular dynamics of the daily life of individuals and social groups, as well as the symbolic records of soccer represented in the literature.

Keyword: football narratives, Argentine narratives, gender issues, Eduardo Sacheri, Claudia Piñeiro.

Cláudia Heloisa Impellizieri Luna Ferreira da Silva

Vice-Coordenador/Deputy Coordinator

Miguel Ángel Zamorano Heras

 

posneolatinas@letras.ufrj.br

Telefone/Phone

55 21 3938-9771

 

Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas
– Faculdade de Letras / UFRJ

Av. Horácio Macedo, 2151
Salas F-325
Cidade Universitária CEP 21941-917
Rio de Janeiro – RJ