Mestrado

Dissertação 2020

Marcela Cristina Lemos Cordeiro

Título do trabalho: Mare Nostrum e a dialética entre mímesis e alteridade em Dante e Al-Maarri: o interstício de linguagens simbólicas que perpassam o Oriente e Ocidente

Orientador(a): Fabiano Dalla Bona

Páginas: 127

Resumo

A travessia de contatos dos impérios bizantino e sassânida, no período em que a historiografia ocidental classifica como a primeira fase da Idade Média, com impérios árabes-islâmicos em ascensão, gerou notável fluxo de intercâmbios culturais e literários, cujos efeitos reverberariam no escopo literério europeu nos históricos vindouros. O desenvolvimento de instrumentos de navegação por cientistas árabes-islâmicos, assim como a criação das primeiras cartas de navegação, promoveram intensas trocas comerciais culturais e literárias entre os povos, incluindo também intercâmbios científicos através do mare nostrum. O objeto de estudo desta pesquisa intenciona investigar os percursos de contato entre as obras risālatul ġufrān (Epístolas do perdão), de Abu Ala Al-Maarri, eminente autor e filósofo e escritor e filósofo do século X, proveniente da Síria (um dos grandes pólos de intercâmbios culturais no medievo); e A Divina Comédia de Dante Alighieri, produzida no século XIV, em Florença, cujas obras assemelham-se em sua estrutura narrativa e alegórica. O objetivo deste trabalho consiste em investigar o contato de Dante com a poética de Al-Maarri, de forma a utilizar, além da pesquisa de documentos e fatos históricos, a construção textual das obras, com análises discursivas e traços simbólicos indicadores do ethos do narrador e o posicionamento ideológico sobre os sistemas de crenças que permeavam seus contextos históricos. Este trabalho intenciona também resgatar os caminhos e interstícios dos autores e culturas mediterrâneas que coexistiam no império islâmico medieval e o ponto de contato com a literatura dantesca, desvelando a obra literária do autor árabe-islâmico Al-Maarri, relegado ao ostracismo de políticas e discursos colonialistas que, por muitos  séculos, impediram o conhecimento de produções literárias de culturas que vivem à margem das fronteiras literárias estabelecidas pela república mundial das Letras.

Palavras-chave: medievo, A Divina Comédia, Dante, Al-Maarri, contatos literários